Crochê – Dicas para iniciantes

Em primeiro lugar, quando você estiver começando a fazer crochê , precisará dessas dicas para ajudá-lo a aproveitar ao máximo o tempo e também evitar distrações. Vamos então para as principais dicas.

 

1 – Transforme novelos em bolas de lã antes de começar a fazer crochê

Se você quer começar logo o seu projeto, pode tentar a tirar a etiqueta do seu novelo de lã e começar a trabalhar. Teoricamente, você pode fazer o crochê com novelos de lã, mas, em muitos casos, pode ter mais sucesso se antes dedicar um tempo para enrolar o novelo em uma bola. Essa é uma das melhores dicas para iniciantes.

Crochê - Dicas para iniciantes

Os novelos de lã têm algumas vantagens sobre outros:

  • Evita emaranhados . As meadas de fio puxadas pelo centro podem se embolar facilmente no final. Os novelos de lã têm menos probabilidade de embolar.
  • Melhora a tensão . Se você tiver dificuldade em manter bem esticado, tente trabalhar com um novelo de lã em vez de um pedaço.

Você também pode comprar bobinadores para crochê ou também pode fazer de forma manual.

2 – Retire os impedimentos antes de fazer crochê

  • Cabelo comprido : se o seu cabelo for comprido ele pode te atrapalhar, lembre-se de pentear e amarrar para trás antes de começar o crochê. Isso ajuda a evitar que o cabelo fique enolado durante o seu trabalho.
  • Acessórios (Aneis, Colares…) : você pode querer remover seus acessórios, especialmente anéis e pulseiras, antes de fazer o crochê. O fio pode embolar com o seu fio de crochê e o trabalho poderá demorar mais do que o normal.
  • Gatos : Se possível, mantenha os gatos fora do ambiente quando estiver fazendo crochê. Um gato não consegue somente olhar uma bola de lã em movimento. Ele pode querer brincar com a bola e o seu projeto pode acabar mais cedo.

3 – Posicione o fio corretamente

Coloque o seu novelo de uma forma que quando o fio for puxado, ele comece a deslizar sem nenhum problema.

  • Se você estiver fazendo crochê em casa em uma cadeira, pode manter o novelo no colo ou no chão aos seus pés, conforme sua preferência.
  • Se você estiver fazendo crochê em um avião ou em um carro, coloque o novelo de lã dentro de uma sacola para que ele não role.

4 – Troque os ganchos do crochê quando necessário

Os iniciantes tendem a trabalhar com muita força ou muito folga, preste atenção nas dicas abaixo:

  • Se o seu crochê for muito solto, escolha uma agulha de crochê menor.
  • Lembre-se de que o tamanho da agulha indicada na etiqueta do fio não passa de uma recomendação sugerida.
  • Teste cada tipo de gancho antes mesmo de iniciar um projeto. O momento ideal para fazer isso é quando você está testando os seus medidores.
  • Se o seu trabalho for muito tenso, escolha uma agulha de crochê maior .

5 – Evite trocar de ganchos no meio de um projeto

Você quer que seus pontos sejam perfeitos ao longo de todo o projeto. Se você, por acaso, trocar de gancho, corre o risco de criar imperfeições. Até as mudanças no mesmo tamanho do gancho de um fabricante para o de outro podem dar diferenças.

  • O tamanho do gancho nem sempre é igual entre os fabricantes.
  • Poucas diferenças no tipo da agulha podem alterar a maneira como você segura a agulha ou forma seus pontos.

Ou seja, quando começar um projeto não troque o seu gancho, a não ser em casos urgentes.

6 – Experimente alguns ganchos de crochê ergonômicos

Ganchos de crochê ergonômicos são feitos para serem mais confortáveis. Se você encontrar um gancho ergonômico que goste, ele pode tornar o tempo que você passa fazendo crochê mais agradável e relaxante.

7 – Reserve um tempo para fazer teste em medidores

Você pode até achar que ficar testando medidores é uma perda de tempo. No entanto, é a parte mais importante do projeto, principalmente se o seu projeto for uma peça de roupa. Se você pular a amostra do medidor, é provável que seu projeto termine com o tamanho errado.

8 – Não tenha medo de refazer

Se você perceber que cometeu um erro algumas fileiras atrás, retire os pontos até aquele ponto e tente novamente. Esta tudo bem e o seu projeto ainda assim ficará perfeito.

9 – Não tenha medo de experimentar

Afinal, ninguém pode julgar o seu crochê e também não há nada de errado com você se um projeto falhar. Prática e testes são duas das melhores maneiras de sair do status de iniciante. Faça alguns experimentos simples:

  • Substitua as cores em um padrão;
  • Selecione fios diferentes;
  • Coloque ou retire detalhes: se um padrão pede uma franja que você não gosta, substitua por uma borda, adicione uma flor ou um chapéu simples.

À medida que você aprende mais, não tenha medo de tentar experimentos mais detalhados:

  • Adicione listras a um padrão simples;
  • Varie os pontos que você usa;
  • Por fim, improvise as personalizações: faça mangas compridas em vez de mangas curtas em um suéter, modifique o decote, e algumas outras ousadias.

Alguns desses experimentos podem não funcionar, mas cada um vai lhe ensinar algo novo.

10 – Faça amizade com outras pessoas que fazem crochê

Agora, você provavelmente já percebeu que existem muitas maneiras possíveis para o crochê, e todas elas são boas. Todos os crochêters têm experiências e conhecimentos únicos para compartilhar.

Afinal, junte-se a um grupo local de crochê ou encontre um grupo onde você pode continuar a aprender com essas pessoas mais experientes. Mesmo se você já faz crochê há anos, pode aprender algo novo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.